f Portal BSD: Satélite - TV Digital - IPTV - 3DTV - Decadencia das Tvs Convencionais, Inclusive DTHs ?

SatClube Fórum Patrocinado Por

Você está no fórum Satélite
Apoie-nos!!!

Doe mais que seu tempo e ajude o PORTAL BSD a se manter em atividade. Aqui, compartilhamos o conhecimento, mas precisamos dividir, igualmente, os custos do site.

CLIQUE AQUI e saiba mais detalhes de como nos ajudar.


Responder tópico
Decadencia das Tvs Convencionais, Inclusive DTHs ?
Pág. Anterior  1, 2

Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #21
26/12/2018, 11:08

J.B.F.LIMA escreveu:
Aqui tenho assinatura da OI, me viro com C1+C2+C3+D1 e com a smartv com sistema operacional WebOS 3.5 com Netflix, SSIPTV, YouTube sem travamentos com internet de 5 megas.

Grande abraço!


Grande João Batista, tudo bem??? Aqui estamos todos bem também.

Meu caro, você está bem servido de satélites Banda C.
Infelizmente, como você sabe, antena parabólica sobre o telhado é muito mais difícil de se mexer. Minha mãe até hoje me critica por eu tentar andar sobre o telhado, já que minha casa é um sobrado e alto. Ela fica apavorada e não quer que fique fazendo isso. Tem medo que eu caia lá de cima e me esborrache todo no chão.

Devido a manutenção de LNBFs carona, eu desisti de alguns e já retirei a do C3 também. Estou só com o C2. Aqui assistimos mais o Digital Terrestre UHF e alguns canais do C2. E você sabe a idade já começa a pesar também. He he he he he!!! Melhor tomar cuidado mesmo.

Em matéria de Banda C eu parei um pouco. Vou manter o que eu tenho, mas sem investir nisso. Manter funcionando, trocando o LNBF quando necessário e só.

Meus parabéns pela sua instalação. Espero que você faça bom uso dela. Você merece, tem feito sempre um bom trabalho inclusive ajudando muitos colegas aqui do fórum. Parabéns!!!

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mantovani
borda da mata - mg
Mensagem: #22
26/12/2018, 11:37

fico pensando comigo, se os canais atuais passarem à transmitir de modo fta (ou com o sistema da globo), seus sinais em ku. eu acho que esse seria o de maior audiência, antena pequena + principais canais fta de graça.como a gente já viu comentários por aqui e mesmo aqui em casa , se assiste mais a globo e band, pagando oitv , meu caso, ou outras dth. poderíamos também aproveitar nossos receptores dvbs2. da chuva cortar o sinal ku, acho que as pessoas já estão sabendo.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #23
26/12/2018, 15:10

mantovani escreveu:
fico pensando comigo, se os canais atuais passarem à transmitir de modo fta (ou com o sistema da globo), seus sinais em ku. eu acho que esse seria o de maior audiência, antena pequena + principais canais fta de graça.


Sinais digitais de TV em Ku FTA??? Esqueça...
Estas antenas são destinadas a canais de TV por Assinatura.

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #24
26/12/2018, 15:17

Walter Sandes escreveu:
digital_scientist escreveu:
- Na minha opinião, esse caso de "decadência" é uma mera observação pessoal de cada um.

Vão acabar com as parabólicas banda C? Muito improvável.


Meu caro, não existe nada de improvável. A banda C não vai acabar. Ela própria vai sumir sozinha. Ou você acha que os fabricantes de antenas parabólica Banda C, estão vendendo antena parabólicas a rodo???

É um segmento que perdeu muito com o advento da mini-parabólica Banda Ku, e outras formas de captação de sinal digital de TV.

Nas grandes cidades e regiões mais populosas, a Banda C não vai mais ter espaço. Não compensa. Nas regiões remotas ela ainda vai permanecer, mas poucas. A nova geração não quer saber de antenas parabólicas Banda C.

Nada neste mundo é improvável. Como não era improvável o fim da TV de tubo, do vídeo K-7, do disco de vinil que é peça de museu, do próprio CD que perdeu espaço e praticamente ninguém mais quer comprar, etc.

Eu tenho as minhas antenas parabólicas Banda C porque gosto, mas os meus vizinhos já se livraram das deles.

Abs,
Walter - Very Happy


Repito: Isso é um caso de observação pessoal...

- Quanto a questão tecnológica, essa não se aplica ao caso que estamos discutindo meu amigo! Pois uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra...
- A tecnologia envolvida em transmissões via satélite é esta que está aí e pelo que eu saiba, não há outra para se tornar um padrão nos próximos 5, 10 ou 20 anos. Isso em questão de banda, já quanto a padrão de transmissão...
- E sobre as TVs de tubo, LPs etc, estava mais que claro que essas tecnologias presentes nos anos 80 seriam substituídas em tempo breve pois o que mais havia na época, eram tecnologias diversas nascendo e aparecendo escondidas nas lojas como quase algo secreto. A dúvida, era justamente se tais tecnologias iriam vingar.

- Portanto, é improvável que a Banda C seja dispensada e mesmo porque, essa é o padrão para transmissão de sinal da geradora para as afiliadas. Assim como ocorre no C3, sinais não codificados poderão e continuarão a serem recebidos por quem decidir apontar uma antena ao satélite e ter um receptor compatível.
- E não vejo mudança a vista para mudar esse padrão e uma curva fechada rumo a "decadência" seria as emissoras inventarem um sistema de sinais codificados direcionados aos telespectadores e ao mesmo tempo, fechar os demais sinais existentes, impossibilitando a recepção como um todo e isso, na minha opinião, não vai ocorrer ao fato dos custos em manter um sinal fechado.

Abraços.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


naldoli
campo grande - MS
br.gif
Mensagem: #25
26/12/2018, 15:46

um exemplo de canais abertos em antena ku e o satelite boliviano tupackatari 87,2w , aqui pego todos os canais abertos dele.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


naldoli
campo grande - MS
br.gif
Mensagem: #26
26/12/2018, 15:47

Walter Sandes escreveu:
mantovani escreveu:
fico pensando comigo, se os canais atuais passarem à transmitir de modo fta (ou com o sistema da globo), seus sinais em ku. eu acho que esse seria o de maior audiência, antena pequena + principais canais fta de graça.


Sinais digitais de TV em Ku FTA??? Esqueça...
Estas antenas são destinadas a canais de TV por Assinatura.

Abs,um exemplo de canais abertos em antena ku e o satelite boliviano tupackatari 87,2w , aqui pego todos os canais abertos dele.

Walter - Very Happy


Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #27
26/12/2018, 16:51

Não foi dito que a banda "C" vai acabar; apenas que houve consideravel diminuição de serviços pagos ou gratuitos, visando diretamente o publico (DTH), via satélites (inclusive Ku). Sistemas de satélites sempre haverão, pois é onde transita boa parte das telecomunicações (Tv incluida), auxiliados pelos cabos de fibras oticas. Não sei se tem e como estão, os enlaces terrestres de microondas. Regiões remotos necessitam atingir o publico, via satélite - e no Brasil temos muitas dessas regiões. Todavia não é preciso ir longe. Aqui, Araruama RJ, Região dos Lagos, turistica, a 100km da Capital RJ e uns 50 de Cabo Frio, a Tv Terrestre sempre foi precaria. Da Capital chega, digital como analogico; todavia é precario e mais para pontos altos e equipados com boas antenas e boosters. As repetidoras e Tvs, para a Região, ficam em sua maioria num morro em Cabo Frio. São poucas: Duas Globos, Band, Record,Record News, SBT, Rede Vida, Canção Nova, RIT , alem da CNT mas que sumiu.Todavia a exceção de uma das Globos, as demais tem instabilidade e as vezes somem - em face da distancia, apesar de entre Araruama e Cabo Frio só haver o espelho da Lagoa de Araruama. Por isso, para as Tvs ditas normais e mais algumas, há de se valer de outros sistemas que não só a Tv terrestre, como os digitais do C2. Ou quem quer DTH Ku de operadoras. Isso alem do que se puder ver na Internet, sendo que a unica grande rede que transmite via WEB Tv é a Rede Tv !. De fato as parabolicas banda "C" andam sumindo mesmo aqui de Araruama e mesmo nas condições que citei. Aqu i em casa as vezes tem gente vendo uma Band, Record ou Rede Vida, de Cabo Frio e o sinal some; então se pula para o C2 em digital.Via Tv normal, Rede Tv ! só via C2.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #28
27/12/2018, 13:06

digital_scientist escreveu:
- Portanto, é improvável que a Banda C seja dispensada e mesmo porque, essa é o padrão para transmissão de sinal da geradora para as afiliadas. Assim como ocorre no C3, sinais não codificados poderão e continuarão a serem recebidos por quem decidir apontar uma antena ao satélite e ter um receptor compatível.
- E não vejo mudança a vista para mudar esse padrão e uma curva fechada rumo a "decadência" seria as emissoras inventarem um sistema de sinais codificados direcionados aos telespectadores e ao mesmo tempo, fechar os demais sinais existentes, impossibilitando a recepção como um todo e isso, na minha opinião, não vai ocorrer ao fato dos custos em manter um sinal fechado.


Muito bem caro colega, muito bem.
Já que você domina muito bem esta "área", domina bem este assunto, então nos explique em poucas palavras, sem muitas delongas, por que nos países desenvolvidos (EUA, Alemanha, Itália, França, Inglaterra, Japão, etc., só para citar alguns), eles abandonaram as antenonas grandes Banda C, em detrimento de outro sistema de transmissão de TV via satélite???

O Brasil é o único que ainda insiste neste velho e ultrapassado sistema Analógico via satélite. E o digital tem canais codificados e outros FTA, na Banda C.

Quem está certo??? O Brasil ou os países desenvolvidos???

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Andre Camargo
Itu - SP
br.gif
Mensagem: #29
28/12/2018, 08:22
Colaborador Canais

Na minha humilde opinião, o que diferencia o Brasil dos países ditos desenvolvidos acima, é o clima. As pesadas nuvens de tempestade comuns num país tropical como o nosso atrapalham a recepção em Ku, nesse quesito (confiabilidade) a banda C é imbatível.
Mas como disse, é só uma opinião, já que não estive nos países acima p/ saber se lá também se formam com frequência nuvens de temporal que atrapalham a recepção em Ku.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Walter Sandes
São Paulo - SP
Mensagem: #30
28/12/2018, 13:14

Andre Camargo escreveu:
Na minha humilde opinião, o que diferencia o Brasil dos países ditos desenvolvidos acima, é o clima. As pesadas nuvens de tempestade comuns num país tropical como o nosso atrapalham a recepção em Ku, nesse quesito (confiabilidade) a banda C é imbatível.
Mas como disse, é só uma opinião, já que não estive nos países acima p/ saber se lá também se formam com frequência nuvens de temporal que atrapalham a recepção em Ku.


Eu penso que isto não tem nada a ver.
Nos EUA tem muito mais temporal e tornados, e eles utilizam a Banda Ku muito mais do que no Brasil.

Eles nem devem usar mais a Banda C, ou se usam devem usar o mínimo possível.

A vantagem da Banda Ku é o tamanho da antena, maior número de canais por frequência, canais somente digitais, imagem, som e dados.

A Banda C perdeu espaço para a Banda Ku, esta é que é verdade.
Quais países ainda usam a Banda C além do Brasil???

Abs,
Walter - Very Happy

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #31
28/12/2018, 13:36

Andre Camargo escreveu:
Na minha humilde opinião, o que diferencia o Brasil dos países ditos desenvolvidos acima, é o clima. As pesadas nuvens de tempestade comuns num país tropical como o nosso atrapalham a recepção em Ku, nesse quesito (confiabilidade) a banda C é imbatível.
Mas como disse, é só uma opinião, já que não estive nos países acima p/ saber se lá também se formam com frequência nuvens de temporal que atrapalham a recepção em Ku.



Também penso mesmo e comparar com países de primeiro mundo é pelo menos exagero porque não somos e temos um país continental que dá uns cinco europeus de padrão bem maior que o nosso e somos de terceira categoria nunca comparado com o europeu, temos problemas de transmissões a longa distância e precisa de Banda C mais estável pra nossas condições não europeias que sempre uma vez ou outra se compra e não tem nada a ver, sem contar que não pode esquecer a função principal da transmissão é pra serviço e retransmissão ao terrestre, brasileiro capta porque criou esse forma no seu jeitinho pela deficiência no terrestre que era o analógico, não é pra ser captado diretamente sem retransmissora, tanto que hoje com o digital essa forma está perdendo espaço assim que o sinal começas a expandi no digital, pra público direto e voltado já tem TVs dths com transmissão própria pra público comum, as emissora não farão o que faz na Banda C no ku pra atender público de graça, continuará como está já que a função não é essa da transmissão, por isso alguns dos efeitos de algumas emissoras são codificar ou controlar o sinal porque esse sinal não é voltado pra público direto. Então você está certo em pate na sua visão, não estaria errado no meu entendimento.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Andre Camargo
Itu - SP
br.gif
Mensagem: #32
28/12/2018, 14:51
Colaborador Canais

Walter Sandes escreveu:
Andre Camargo escreveu:
Na minha humilde opinião, o que diferencia o Brasil dos países ditos desenvolvidos acima, é o clima. As pesadas nuvens de tempestade comuns num país tropical como o nosso atrapalham a recepção em Ku, nesse quesito (confiabilidade) a banda C é imbatível.
Mas como disse, é só uma opinião, já que não estive nos países acima p/ saber se lá também se formam com frequência nuvens de temporal que atrapalham a recepção em Ku.


Eu penso que isto não tem nada a ver.
Nos EUA tem muito mais temporal e tornados, e eles utilizam a Banda Ku muito mais do que no Brasil.

Eles nem devem usar mais a Banda C, ou se usam devem usar o mínimo possível.

A vantagem da Banda Ku é o tamanho da antena, maior número de canais por frequência, canais somente digitais, imagem, som e dados.

A Banda C perdeu espaço para a Banda Ku, esta é que é verdade.
Quais países ainda usam a Banda C além do Brasil???

Abs,
Walter - Very Happy

Perder espaço perdeu, mas sobre nos EUA praticamente nem utilizar a banda C, sugiro ver o que é transmitido nos seguintes sats em sites como lyngsat e similares, o Portal BSD não traz essas listagens porque não cobrem a América do Sul:
Galaxy 15 - AMC 11 - Galaxy 13 - Galaxy 14 - Galaxy 18 - Galaxy-23 - SES-11 - SES-1 - SES-2 - SES-3 - Galaxy 16 - Galaxy 17 - Galaxy 19.
Todos com dezenas ou mais de 100 canais cada.
Quanto a tempo severo é interessante notar que os sats voltados pro Alasca sequer contam com banda Ku, é apenas C.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #33
28/12/2018, 17:10

Walter Sandes escreveu:
digital_scientist escreveu:
- Portanto, é improvável que a Banda C seja dispensada e mesmo porque, essa é o padrão para transmissão de sinal da geradora para as afiliadas. Assim como ocorre no C3, sinais não codificados poderão e continuarão a serem recebidos por quem decidir apontar uma antena ao satélite e ter um receptor compatível.
- E não vejo mudança a vista para mudar esse padrão e uma curva fechada rumo a "decadência" seria as emissoras inventarem um sistema de sinais codificados direcionados aos telespectadores e ao mesmo tempo, fechar os demais sinais existentes, impossibilitando a recepção como um todo e isso, na minha opinião, não vai ocorrer ao fato dos custos em manter um sinal fechado.


Muito bem caro colega, muito bem.
Já que você domina muito bem esta "área", domina bem este assunto, então nos explique em poucas palavras, sem muitas delongas, por que nos países desenvolvidos (EUA, Alemanha, Itália, França, Inglaterra, Japão, etc., só para citar alguns), eles abandonaram as antenonas grandes Banda C, em detrimento de outro sistema de transmissão de TV via satélite???

O Brasil é o único que ainda insiste neste velho e ultrapassado sistema Analógico via satélite. E o digital tem canais codificados e outros FTA, na Banda C.

Quem está certo??? O Brasil ou os países desenvolvidos???

Abs,
Walter - Very Happy


Ok Sr Walter!!

- Os países desenvolvidos não abandonaram a Banda C. Muitos lugares a usam. Estive nos EUA a poucos anos e ainda vi muitas antenas dessas em localidades próximas a grandes centros urbanos. Há ainda serviços de DTH por Banda C em operação por lá.
- E quer saber mais? A propaganda dessas empresas de DTH é justamente o que o André Camargo colocou aqui: "Não saímos do ar por causa da neve!"

- Quanto ao sistema analógico via satélite, está mais que claro que nosso país, que não está tão atrás assim em relação aos desenvolvidos, ainda mantém estes sinais pois o sistema terrestre analógico ainda vive. Somos um país de dimensões continentais e e ainda em desenvolvimento. Há que ter paciência!
- Sobre quem está "certo" eu lhe digo que estamos no caminho certo! Se está muito lento ou muito rápido esse deslocamento, aí é questão de observação pessoal

Abraço!

E continue contestando! É assim que o debate prossegue...

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Página 2 de 2 Pág. Anterior  1, 2
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br